sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Postman´s Park | Londres



E começamos o primeiro dia de novembro em Londres! Uhu! Mas não era motivo pra tanta comemoração assim - era nosso último dia e apenas o período da manhã na cidade. Nosso vôo de volta à São Paulo estava marcado para às 21:25, tínhamos ainda portanto, a manhã toda para aproveitar as últimas horas e minutos. 

O dia amanheceu com muito sol – maravilha - com um céu espetacularmente azul, mas frio, muito frio. Percebíamos que a cada dia a temperatura caia cada vez mais... 


Após o café, rumamos para a City of London para conhecer o Postman's Park. Eu tive curiosidade em conhecer uma das locações do filme “Closer” (2004), com Julia Roberts, Judie Law, Natalie Portman e Clive Owen. Foi dali que a personagem de Natalie Portman escolheu o nome – Alice Ayres. 


Com a desculpa de que sua foto era feia, ela negou mostrar seu passaporte para o personagem de Jude Law (Dan), para não revelar seu verdadeiro nome – Jane Jones. Ela adotou o nome Alice Ayres quando eles se encontraram pela primeira vez, exatamente ali, no Postman´s Park. No final do filme, Dan descobre que foi totalmente enganado. 


Além da famosa placa da Alice Ayres, o Postman´s Park tem ali, guardado muita história. E por falar em história, uma das coisas bacanas que fizemos quando planejamos nossa viagem à Londres, foi procurar saber um pouco da história dos locais que visitamos. Associar a pesquisa às suas impressões enriquece e torna o passeio muito mais interessante. Você acaba procurando e vendo detalhes que podem não fazer sentido para outras pessoas. 



Localizado num lugar muito tranquilo, o parque foi formado a partir de áreas das igrejas de St. Leonard, Foster Lane e St. Botolph, e do cemitério Christ Church. O nome do parque foi derivado pela popular utilização dos seus jardins para o almoço dos funcionários das proximidades de Old Post Office. 


O parque foi estabelecido para um jardim público em 1880. E é ali, no The Watts Memorial que há uma enorme parede com os registros, cada qual em uma placa, dos feitos heroicos de homens, mulheres e crianças comuns que perderam suas vidas para salvar outras. 


Assim, esse memorial foi erguido para celebrar o Jubileu de Ouro da Rainha Victoria em 1887
 
A seguir, passamos pela Catedral de Saint Paul com um belo céu azul. Tiramos algumas fotos e cruzamos a The Millenium Bridge. 

Memorial dos Bombeiros

Em frente à Saint Paul, passamos pelo Memorial dos Bombeiros, com três estátuas de bronze que representam os bombeiros em ação no auge da Blitz. O memorial foi erguido em honra e memória daqueles que perderam suas vidas em defesa do país entre 1939 e 1945.

  
Conhecida como a Batalha da Inglaterra, a cidade de Londres foi bombardeada pelos nazistas, causando muita destruição. Assim, tanta coragem dos ingleses resultou na derrubada de muitos caças alemães. Também, a destreza da força aérea britânica e a eficiência dos seus radares fizeram com que a Inglaterra vencesse.

O que se vê hoje é uma cidade com tanto encanto, que é difícil crer que Londres já passou por tantas coisas. E a história está aí pra contar.

Já do outro do lado da Millenium Bridge, você tem uma belíssima vista da cúpula da Saint Paul. Apesar do sol e do céu azul, ventava muito, e estava muitíssimo frio, quase insuportável.
The Millenium Bridge com a Saint Paul ao fundo
Pela música, parecem ser do leste europeu
Fizemos nosso último lanchinho no Pret a Manger, pertinho das ruínas do Winchester Palace.  Aproveitamos para ver.

Ruínas do Winchester Palace
 As ruínas meio que apareceram no nosso caminho - estávamos indo para a Tower Bridge - por isso, não precisa pagar ingresso ou entrar em recinto algum para vê-las e saber um pouco mais.
Do século XII, Winchester Palace foi a residência dos bispos de Winchester, próximo do convento medieval, que hoje é a Catedral de Southwark. 

Ruínas do Winchester Palace
O The Shard é um edifício que você vê de qualquer parte da cidade. É uma atração turística e tem visitação. Não foi dessa vez que o The Shard entrou no nosso roteiro, porque ele ainda não estava aberto para visitação.

O The Shard
Não nos cansamos de fotografar essa belezinha, a Tower Bridge, dessa vez, atrás da moderna Prefeitura de Londres.
 
A prefeitura de Londres à direita, e ao fundo, a Tower Bridge
E a Torre de Londres que também não visitamos. Londres oferece tantas atrações, que você precisa selecionar muito bem o que visitar para não se perder no tempo... Vai ficar para a próxima visita.

Torre de Londres

A Tower Bridge

Detalhes da Tower Bridge (não estou falando dos pombos! rs)
Ao fundo, o 30 St Mary Axe, mais conhecido como Gherkin. 
Abaixo, a Torre de Londres. Olha quantos turistas! 
Tower Bridge
A igreja de St. Martin-in-the-Fields

007 everywhere...
02:50 p.m. - quase na hora de ir embora

Os contornos do Big Ben e o Parlamento
Uma última olhada na London Eye...

Quase 03:25 p.m. - acabou! Voltar para o hotel, pegar as malas e... aeroporto!
Encerramos nossa viagem com belíssimos registros de final de tarde dessa cidade linda, vibrante e apaixonante, e com o Big Ben insistindo em nos avisar que era a hora de partir.

Bye Bye London!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...