domingo, 20 de outubro de 2013

Expoflora 2013 | Holambra/SP

Por Helena

No mês passado fomos - mais uma vez - visitar a Expoflora, evento anual que ocorre entre os meses de agosto e setembro, em Holambra, no interior de São Paulo 

Holambra é uma Estância Turística localizada a 140 km da capital do Estado de São Paulo, e sua origem foi a partir do processo de imigração holandesa ocorrido logo após o término da II Guerra Mundial.

O pórtico da cidade
Diferente de 4 anos atrás - que estava meio nublado e nem tão quente - dessa vez o céu estava muito azul, com sol forte e com o pavilhão de exposições apinhado de gente.
Chegamos a ouvir numa rodinha de pessoas que lá dentro havia duas vezes a população de Holambra - a cidade tem um pouco mais de 11 mil habitantes.
E não é para menos, afinal, a Expoflora é a maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina. 


É um passeio super light e agradável, e você pode levar suas mães, avós... Elas certamente irão adorar! Além dos mais variados tipos de flores - que você pode levar pra casa - e os ambientes te inspiram com ideias pra adaptar e fazer na sua casa, além também de experimentar comidinhas diferentes.



O parque de exposições possui uma excelente infraestrutura, e mesmo com a lotação, eles conseguem dar conta e atender muito bem. 


Em várias partes do parque você encontra ambientes decorados com flores e ideias pra se inspirar...


Há também uma exposição de arranjos florais em uma grande área climatizada e até escura. Não conseguimos tirar boas fotos, mas conseguimos fazer fotos macro de algumas flores.

Orquídea phalaenopsis blue mistic
Uma das que fotografamos é a controversa orquídea azul, a phalaenopsis blue mistic. Alguns mitos e dúvidas pairam sobre orquídea, e se a cor azul é verdadeira. Fiz algumas pesquisas, e até onde se sabe, não é.  Sua cor azul é oriunda de uma tinta - não tóxica - aplicada no caule de uma orquídea branca, e assim, as flores abrem  em tom azul. Não são garantidas que as floradas seguintes também sejam com flores azuis.
Outra flor tingida que nos surpreendeu foram as rosas colombianas. Encontramos um arco-íris em suas pétalas! Tecnicamente falando é bonito, mas um tanto artificial...

Rosa colombiana tingida

Polêmicas à parte, ver esse tipo de "novidade" é até interessante, mas soa um tanto estranho e até  ousado transformar algo que já é naturalmente belo.

Chão forrado de Cantharantus roseus, mais conhecida como Maria sem vergonha



Após algumas andanças, fomos procurar um lugar almoçar. Encontramos o Casa Bela, restaurante de culinária holandesa. Havia uma espera que pensamos que levaria mais de 1 hora, mas nos surpreendemos quando em 20 minutos já estávamos fazendo nossos pedidos.

Pra começar, pedimos Kroketten (porção de bolinhos com molho de mostarda). Nada assim tão surpreendentes, mas foi suficiente para aliviar a nossa fome.

Vai um kroketten?

Pedimos dois pratos diferentes - cada um serve 2 pessoas . O meu e o do Edu foi o Stamppot Festival. Salsichão típico com 4 tipos de stamppot (purê): batata com rúcula, tomate e amêndoas; batata com cenoura; batata com chicória e gorgonzola; batata com alho poró e pesto. Simplesmente divino!

Stamppot Festival
Já nossas mães optaram por um prato com um nome um tanto complicado, o StampotWortel SpareRibs met Appelmoes (costelinha com purê de cenoura e purê de maçã).

StampotWorte SpareRibs met Appelmoes
Após o banquete, fomos explorar outro parte do parque. Ficamos tentados a fazer o passeio pelos campos de flores, mas desistimos, pois houve mudanças e apenas os campos de crisântemos podiam ser visitados (em outra visita, além dos campos de crisântemos, nós visitamos uma estufa com outros tipos de flores e plantações de rosas).


Tamancos holandeses
Moinho

Estávamos procurando por um café, quando paramos em frente ao Zoet en Zout e vimos ali tinha um doce muito diferente, o Rozen Gebak (doce de rosas). Não titubeamos e entramos.

Rozen Gebak (doce de rosas)

Pedi o tal doce de rosas e cheguei a conclusão de que não é tão gostoso quanto parece. O doce é feito com base de pão de ló, com uma mini carolina recheada com ganache de chocolate branco e bavaroise ao aroma de rosas.

Há outros docinhos como os tradicionais Appeltaart (torta de maçã), Abrikola´s (doce de damasco) e várias bolachinhas diferentes  (Speculaas, Amandel Kransjes, Krakelingen e Molentenjes).

Ainda havia mais atrações para acontecer quando decidimos terminar nosso passeio, pois nossas mães estavam cansadas. Começava a Parada das Flores (ainda teria a Chuva de Pétalas no fim do evento), quando fomos até o Shopping das Flores. 

As meninas se preparando para apresentar danças típicas holandesas
Achamos os preços das flores e plantas um tanto acima do esperado (já tínhamos um referência, porque antes de entrar no pavilhão de exposições, visitamos uma loja enorme no caminho pra cidade e achamos os preços bem interessantes. E foi de lá que acabamos levando várias plantinhas).

Denbrobium Nobile

Não levamos nada, mas ao menos consegui fazer macros bem interessantes e capturar detalhes incríveis de algumas orquídeas.

Cymbidium
Phalaenopsis Blue Mistic

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...