domingo, 25 de abril de 2010

Do Arco do Triunfo ao Museu do Louvre

Ficamos hospedados em um hotel muito próximo do Arco do Triunfo. Dois quarteirões acima, e lá estávamos.
O monumento é uma beleza. Circundado por uma rotatória, onde passam milhares de automóveis por dia. Difícil tirar uma foto em que não apareça nenhum carro. Difícil também é transitar de carro por ali. Não tem faixa, semáforo, sinalização... Coisa de louco! Detalhe: no tempo em que permanecemos ali não vimos um acidente sequer.

O Arco é também uma das atrações mais fotografadas da cidade.

A Avenida Champs-Élysées é também uma das atrações de Paris. Considerada a avenida mais famosa da cidade, a Champs-Élysées tem 71 metros de largura por 1,9 km de comprimento.

Há várias estações de metrô (Concorde, Charles de Gaulle - Étoile, Champs-Élysées-Clemenceou, Franklin D. Roosevelt e George V). No nosso caso, dispensamos o metrô é seguimos a pé os 1,9 kilômetros e rumamos até o Museu do Louvre.

A caminhada é deliciosa e nem nota-se a distância tamanha a quantidade de atrações.

Nesse trecho, paramos para fotografar a Praça da Concordia (Place de la Concorde).

A praça também abriga o obelisco egípcio de Luxor, com 3300 anos. O monumento foi transportado para a França em 1836, oferecido pelo Egito em reconhecimento ao papel do francês Jean-François Champollion, arqueólogo francês, primeiro tradutor dos hieróglifos.

2 comentários:

  1. Olá Eduardo, olá Helena.
    Que belas férias na Europa vcs tiveram , hein ?

    Eduardo, isto me faz lembrar algumas andanças por lá de Europass na mão, sem agenda p´re determinada. Do Youth Hostel de Berna, do último trem para Veneza, do Hotel do "Pino" em Roma, do minúsculo elevador do Hotel de Paris, e tantas outras. Bons tempos!!!

    Um abraço,

    Ricardo

    ResponderExcluir
  2. Olá Ricardo!
    Bons tempos mesmo, foi uma aventura! Dos lugares em que estivemos antes, só voltamos a Paris e Veneza, para ficar mais tempo e desfrutar um pouco mais porque um dia em cada uma dessas cidades é muito pouco! Dessa vez andamos só duas vezes de trem, mas couchette nunca mais!!!

    Londres ficou na saudade, ainda quero voltar lá!

    Abraços,

    Eduardo e Helena

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...